quarta-feira, 24 de outubro de 2018

Santo do dia - 24 de outubro de 2018

Festa de Santo Antônio Maria Claret (24 de outubro de 2018)




Festa de S. Antônio Maria Claret 
24 de outubro de 2018 
A celebração da festa de Santo Antônio Maria Claret nos convida a contemplar como nosso Fundador viveu fielmente sua vocação em meio às revoluções e confusões ideológicas que afetaram o tecido social e a vida aflita do povo no século XIX. Morreu no exílio em 24 de outubro de 1870 em total disponibilidade para o Senhor a quem amou, louvou e proclamou.
A Igreja de nosso tempo passou pela dor da purificação e da transformação no contexto das notícias recorrentes de vários escândalos, uma ferida infeccionada no corpo místico de Cristo. Sua erupção na arena pública, nossa consciência da dor das vítimas e a desilusão dos fiéis estão convidando toda a Igreja, apesar de toda dor que nos causa, ao caminho da purificação e da renovação. Os homens sábios dizem: “Se você se mantiver de pé, não tenha medo de uma sombra torcida”.
A purificação e renovação da Igreja são um trabalho interno de transformação que permite às pessoas e estruturas na Igreja converter-se em testemunhas radiantes do amor de Cristo. O Papa Francisco, através de suas palavras e ações, convida toda a Igreja a ser testemunha da alegria do Evangelho. Recentemente, quando certas pessoas pressionaram o Papa sobre as críticas dos meios de comunicação com alegações de dissimulação de escândalos, eu escrevi uma nota ao Pontífice em 4 de setembro de 2018, em nome de nossa Congregação, expressando nossa plena comunhão com ele e nosso profundo afeto por sua pessoa. Naquela carta lhe assegurei que a resposta claretiana aos desafios de nosso tempo é viver nossa vida e missão com alegria e amor de Deus. Imagino que nosso Padre Fundador quisesse que respondêssemos assim. 
Nós necessitamos de um tríplice enfoque para oferecer à nossa Congregação uma presença missionária dinâmica e autêntica na Igreja e no mundo: 
1. Presença: Seguindo o exemplo de nosso Fundador, a primeira condição de um missionário é estar em comunhão constante com o Senhor, “estar com Ele e ser enviado” (Mc 3,13) em missão às periferias. Somente quando formos transformados pela presença do Senhor, nos converteremos em uma presença transformadora para os demais. Necessitamos assumir a “dor do Bom Pastor”, habitando Nele, quando queremos ser “pastores com a dor das ovelhas”. Preocupam-me os missionários que passam pouco tempo com o Senhor em oração, ainda que realizem muitas atividades. Estas se convertem em compromissos apostólicos somente quando fluírem de um coração movido pelo amor de Deus para com seu povo. Nossa presença começa com nossos próprios irmãos em comunidade e, juntamente com eles, se estende àqueles aos quais somos enviados a servir. Há algo inerentemente errado quando um claretiano não é uma presença transformadora no lugar onde vive. 
2. Proclamação: Nosso Fundador proclamou o Evangelho através de diversos meios utilizando diferentes plataformas. É o impulso de nossa própria identidade missionária. Como São Paulo, nosso coração deveria sussurrar: “Ai de mim se não pregar o Evangelho!” (1Cor 9,6). Um claretiano professo é como uma vela acesa que não pode deixar de irradiar sua luz. 
3. Prática: O desafio de nosso tempo é viver nosso chamado com autenticidade e transparência em meio aos escândalos e valores contraculturais predominantes. A força de nosso Fundador era sua prática do que pregava. A clareza dos valores vocacionais é importante, mas não suficiente. “Falar muito e não chegar a parte alguma é o mesmo que subir em uma árvore para pegar um peixe”, diz um provérbio chinês. O Evangelho não é vivido em ideias, mas em relacionamentos autênticos, escolhas, decisões e comportamentos. Devemos ousar-nos para dar vida à palavra através das ações. Portanto, “prática, prática e prática…” é o grito da Palavra de Deus para encarnar e o desejo do povo de contemplar sua glória. 
A memória de nosso Fundador nos convida a retornar à simplicidade e à alegria do Evangelho para que sejam as marcas de nossa vida cotidiana. Unimos nossos corações com o Papa “para fazer germinar sonhos, suscitar profecias e visões, fazer florescer esperanças, estimular a confiança, enfaixar feridas, tecer relações, ressuscitar uma aurora de esperança, aprender uns com os outros, e criar um imaginário positivo que ilumine as mentes, inflame os corações, dê força às mãos, e inspire aos jovens a visão de um futuro pleno da alegria do Evangelho” (Papa Francisco, discurso de abertura do Sínodo dos Bispos sobre os Jovens, a Fé e o Discernimento Vocacional, 5 de outubro de 2018). 
Feliz Festa de nosso Padre Fundador. 
Pe. Mathew Vattamattam, CMF
Superior Geral 
Roma, 24 de outubro de 2018
Fonte: http://claret.org.br




Pinhais FM 98,3




domingo, 22 de julho de 2018

SINDROME DE DOWN


O que é?




A síndrome de Down é causada pela presença de três cromossomos 21 em todas ou na maior parte das células de um indivíduo. Isso ocorre na hora da concepção de uma criança. As pessoas com síndrome de Down, ou trissomia do cromossomo 21, têm 47 cromossomos em suas células em vez de 46, como a maior parte da população.
As crianças, os jovens e os adultos com síndrome de Down podem ter algumas características semelhantes e estar sujeitos a uma maior incidência de doenças, mas apresentam personalidades e características diferentes e únicas.
É importante esclarecer que o comportamento dos pais não causa a síndrome de Down. Não há nada que eles poderiam ter feito de diferente para evitá-la. Não é culpa de ninguém. Além disso, a síndrome de Down não é uma doença, mas uma condição da pessoa associada a algumas questões para as quais os pais devem estar atentos desde o nascimento da criança.
As pessoas com síndrome de Down têm muito mais em comum com o resto da população do que diferenças. Se você é pai ou mãe de uma pessoa com síndrome de Down, o mais importante é descobrir que seu filho pode alcançar um bom desenvolvimento de suas capacidades pessoais e avançará com crescentes níveis de realização e autonomia. Ele é capaz de sentir, amar, aprender, se divertir e trabalhar. Poderá ler e escrever, deverá ir à escola como qualquer outra criança e levar uma vida autônoma. Em resumo, ele poderá ocupar um lugar próprio e digno na sociedade. Saiba mais no vídeo abaixo.


Entenda a trissomia
Os seres humanos têm, normalmente, 46 cromossomos em cada uma das células de seu organismo. Esses cromossomos são recebidos pelas células embrionárias dos pais, no momento da fecundação. Vinte e três vêm dos espermatozoides fornecidos pelo pai e os outros 23 vêm contidos no óvulo da mãe. Juntos, eles formam o ovo ou zigoto, a primeira célula de qualquer organismo. Essa célula, então, começa a se dividir, formando o novo organismo. Isso quer dizer que cada nova célula é, em teoria, uma cópia idêntica da primeira.
Os cromossomos carregam milhares de genes, que determinam todas as nossas características. Desses cromossomos, 44 são denominados regulares e formam pares (de 1 a 22). Os outros dois constituem o par de cromossomos sexuais – chamados XX no caso das meninas e XY no caso dos meninos. O que ocorre, então, para um bebê apresentar 47 cromossomos, em vez de 46, e ter síndrome de Down?

Por alguma razão que ainda não foi cientificamente explicada, ou o óvulo feminino ou o espermatozoide masculino apresentam 24 cromossomos no lugar de 23, ou seja, um cromossomo a mais. Ao se unirem aos 23 da outra célula embrionária, somam 47. Esse cromossomo extra aparece no par número 21. Por isso a síndrome de Down também é chamada de trissomia do 21. A síndrome é a ocorrência genética mais comum que existe, acontecendo em cerca de um a cada 700 nascimentos, independentemente de raça, país, religião ou condição econômica da família.
Fonte: (Movimento Down)







domingo, 15 de julho de 2018

O que é escola especial

A escola especial é para crianças com necessidades especiais, como autismo e síndrome de down. Conheça um pouco mais sobre.




A inclusão social de alunos com necessidades especiais é um tema polêmico abordado em discussões e estudos pedagógicos, afinal, alunos surdos, com autismo ou portadores da síndrome de down, são capazes de acompanhar e conviver com outras crianças comuns?
Bem, isso ainda é um tabu que aos poucos está sendo quebrado, pois crianças com deficiência auditiva já tem professores que dão aulas em Libras na escola regular, os autistas também tem seu espaço, mas mesmo assim a maioria estuda em escolas especiais que abordam estes alunos com a metodologia adequada para suas necessidades.
Realmente cuidar e ensinar crianças especiais não é uma tarefa fácil para nenhum professor, os profissionais que seguem nesta área são dignos de admiração, elogios e valorização.
Portanto conheça algumas escolas que dedicam espaço para portadores de deficiência auditiva, portadores de autismo e de síndrome de down, veja como estas instituições lutam para educar crianças que são capazes sim de exercer seu papel no meio em que vive e contribuir para o desenvolvimento da sociedade.

Escola especial para surdos



As crianças com deficiência auditiva automaticamente não falam. São mudas, pois não são capazes de ouvir sua própria voz e assim não sabem falar, somente emitem ruídos ou até gritos, a alfabetização destes alunos é feita através de LIBRAS, que é Língua Brasileira de Sinais, as letras do alfabeto e os algarismos são feitos com sinais pelas mãos, as palavras também, através de sinais, mas sempre em códigos e não “escrevendo” palavra por palavra com as letras do alfabeto de sinais.

O Centro de Educação para Surdos Rio Branco é uma instituição fundada pelos rotarianos de São Paulo, estas crianças são educadas e futuramente encaminhadas para o mercado de trabalho, faculdade e assim por diante.

A Anpacin, Associação Norte Paranaense de Audiocomunicação Infantil, em Maringá no Paraná, atende crianças e adolescentes surdos oferecendo educação básica e atividades no contraturno escolar, e tudo isso gratuitamente, segundo a diretora, a escola tem ex-alunos que já estão cursando o mestrado.

Escola especial para autismo



O autismo é outra necessidade especial, o aluno autista precisa de uma metodologia adequada que preze pelo desenvolvimento intelectual, corporal social e de independência do aluno quando chegar à vida adulta.
Em São Paulo existe a PIPA, Projeto de Integração Pró-Autista que é um grupo formado por pais  de alunos autistas e simpatizantes, esta instituição atende crianças com o método japonês TVD Terapia de Atividade de Vida Diária, esta, trabalha com a coletividade, sem medicamentos, eles tem como intuito que os alunos alcancem sua independência e autonomia, mantendo a estabilidade emocional, cognitiva e o crescimento intelectual.

Escola especial para síndrome de down


imagm

Uma das instituições mais conhecidas do Brasil no ramo de educação especial e que é especializada na educação de portadores de síndrome de down é a APAE, Associação de Pais e Amigos de Excepcionais, esta possui unidades espalhadas por todo o Brasil.

A APAE trabalha com todos seus alunos com o mesmo objetivo, o da inclusão social, eles ensinam a educação básica, fundamental preparando seus alunos para o mercado de trabalho.
Além da síndrome de down eles atendem crianças, jovens e adultos portadoras de outras necessidades especiais.




Fonte: blogcamp.com.br

Pinhais FM 98,3






terça-feira, 10 de julho de 2018

AS DEZ SERTANEJAS MAIS TOCADAS NO DOMINGO GERAL

Olá amigos! Em nosso programa dominical, você curte e se delicia com estas jóias da música sertaneja raiz.




Então você pode conferir agora as 10 músicas, sertanejas mais tocadas, no mês de junho, no Programa DOMINGO GERAL, com JULIO BASSAI, na PINHAIS FM 98,3 - A PRIMEIRA DA CIDADE!




10 - João Paulo e Daniel - Cabelo Loiro





09 - Almir Sater - Chalana





08 - Sergio Reis - Menino da Porteira





07 - Liu e Leo - Ipê e o prisioneiro





06 - Tonico e Tinoco -  Adeus Mariana




05 - Amado Batista - No hospital





04 - Teixeirinha Velho Casarão





03 - João Pacífico e Adalto Santos - Cabocla Teresa





02 - Lourenço e Lourival - A enxada e a caneta





01 - Tião Carreiro e Pardinho - Boi Soberano






Pinhais FM 98,3


sábado, 7 de julho de 2018

Crianças com necessidades especiais: um desafio para toda a família

Todos somos diferentes e as necessidades especiais são apenas uma característica. Crianças com necessidades especiais precisam de serviços de educação especial e programas educativos individuais. São capazes de atingir os mesmos resultados, mas necessitam de abordagens de ensino distintas e de algum tempo. Saiba tudo.




A maioria das pessoas não imagina o quanto podemos aprender com as crianças com necessidades especiais. Estamos tão presos à perfeição e aos aspetos materiais da vida que nos esquecemos de observar a riqueza oculta em cada pessoa e de apreciar o quanto a diversidade é enriquecedora.
Naturalmente que nem tudo é um mar de rosas e que as famílias com crianças com necessidades especiais têm intensos desafios pela frente, mas o importante é nunca esquecer que é possível ser feliz na diferença.
CRIANÇAS COM NECESSIDADES ESPECIAIS

Todas as crianças são diferentes e especiais. Cada criança tem o seu próprio ritmo de desenvolvimento e as suas próprias necessidades educativas, que devem ser respeitadas. O que acontece é que algumas delas, dadas as características que apresentam, se tornam muito diferentes dos seus pares.

O termo necessidades educativas especiais refere-se ao desfasamento entre o nível de comportamento ou de realização que a criança apresenta e o que dela seria esperado em função da idade. Este conceito aplica-se a todas as crianças que apresentam risco de défice cognitivo (por exemplo, deficiência mental), motor (por exemplo, paralisia cerebral), emocional (por exemplo, psicoses), comportamental ou do desenvolvimento, bem como a todas as crianças que necessitam de serviços de saúde específicos por tempo indeterminado.

ASSIM SENDO, SÃO CONSIDERADAS CRIANÇAS COM NECESSIDADES ESPECIAIS TODAS AS QUE APRESENTAM OS SEGUINTES PROBLEMAS:

  • Problemas motores;
  • Dificuldades de aprendizagem;
  • Cegos-surdos;
  • Deficiência mental;
  • Deficiência auditiva;
  • Perturbações emocionais graves;
  • Problemas de comunicação;
  • Deficiência visual;
  • Multideficiência;
  • Dotados e sobredotados;
  • Autismo;
  • Traumatismo craniano;
  • Outros problemas de saúde.

CRIANÇAS COM NECESSIDADES ESPECIAIS: DESAFIO PARA TODA A FAMÍLIA




Em algum momento, todas as famílias estão sujeitas a algum tipo de alteração na sua dinâmica. De repente pode ocorrer uma crise inesperada, como por exemplo o nascimento de uma criança portadora de um qualquer tipo de necessidade especial.
Receber a notícia de que um filho é portador de necessidades educativas especiais não é fácil. É preciso enfrentar a realidade da perda do bebé idealizado e a existência de um bebé diferente. É uma tarefa árdua e dolorosa para a família.
A família precisa de tempo para fazer o luto da criança idealizada e exteriorizar os seus sentimentos. É através deste processo que a família vai ganhar maior consciência da realidade e aceitar a condição da criança.
Após a fase inicial de impacto vivido pela família, a existência de uma criança com necessidades especiais irá continuar a exigir novas organizações no sistema familiar, para que este consiga responder eficazmente às necessidades da criança. Assim, estas famílias deparam-se diariamente com um sem número de situações e desafios com os quais podem ter grandes dificuldades em lidar.
Muitas vezes, estes pais não têm qualquer tipo de apoio psicológico e, à medida que a criança cresce, outras preocupações surgem, nomeadamente quando se aproxima a idade escolar. Os pais procuram as melhores creches e as melhores escolas mas veem-se confrontados com novas dificuldades: nem sempre a organização escolar está preparada para receber adequadamente crianças com necessidades especiais.
Apesar de todas estas contrariedades e desafios, os pais de crianças com necessidades especiais podem encontrar dentro de si habilidades para reaprenderem a ser uma família feliz.

ESCOLA E FAMÍLIA: TRABALHO DE EQUIPE




O trabalho colaborativo entre os docentes, as famílias, os psicólogos e os restantes elementos da equipa que acompanha a criança é essencial. Cada técnico, com a sua especialidade, ajudará a família e a criança nas seguintes áreas de intervenção:
  • Estimulação sensorial (por exemplo, reagir a estímulos visuais);
  • Motricidade (por exemplo, controlar a postura);
  • Atividades da vida diária (por exemplo, alimentação; vestir; higiene);
  • Comunicação;
  • Relações interpessoais (por exemplo, reagir ao contacto físico com outra pessoa);
  • Cognição (por exemplo, adquirir noções de tamanho, cor e forma);
  • Ocupação (por exemplo, realizar trabalhos em madeira);
  • Tempos livres.

Fonte: vidaativa.pt

sábado, 30 de junho de 2018

10 Sintomas da Gripe H1N1

Os sintomas da gripe H1N1 são muito semelhantes aos da gripe comum, mas surgem de forma repentina e com maior intensidade, podendo aparecer febre alta, forte dor de cabeça e dificuldade para respirar.
Esta gripe é transmitida pelo contato com pessoas doentes, mas pode causar complicações como pneumonia se não for tratada adequadamente, por isso em caso de suspeita deve-se ir ao médico para saber como tratar e evitar transmitir a doença para outras pessoas.


10 Sintomas da Gripe H1N1
Os 10 sintomas mais importantes que esta gripe pode provocar, e que diferenciam esta doenças da gripe comum, são::
  1. Febre repentina que supera os 38° C;
  2. Tosse intensa;
  3. Dor de cabeça constante;
  4. Dor nas articulações e nos músculos;
  5. Falta de apetite;
  6. Calafrios frequentes;
  7. Nariz entupido, espirros e falta de ar;
  8. Náuseas e vômitos
  9. Diarreia;
  10. Mal estar geral.
O médico clínico geral pode indicar se é preciso fazer algum exame para identificar a doença e se existem complicações associadas e o tratamento mais indicado para cada pessoa, sendo que quem sofre com problemas respiratórios como Asma, Bronquite ou Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica (DPOC) deve ser avaliado por um pneumologista.

Como é feito o diagnóstico

O diagnóstico da gripe H1N1 é feito principalmente através de um exame clínico feito pelo médico dos sintomas apresentados. Além disso, a presença desta doença pode ser confirmada através da análise das secreções do nariz e da garganta do paciente para confirmar a presença do vírus, que deve ser feita nas primeiras 24 a 72 horas a partir do início dos sintomas.

Gripe H1N1 em bebês e crianças

Em bebês e crianças, esta gripe provoca os mesmo sintomas que nos adultos, mas é mais comum a ocorrência dor de barriga e diarreia. Para identificar esta doença, deve-se estar atento ao aumento do choro e da irritabilidade nos bebês e desconfiar quando a criança disser que o corpo todo dói, pois pode ser sinal das dores de cabeça e musculares causadas por esta gripe.
Em casos de febre, tosse e irritabilidade persistente, deve-se entrar em contato com o pediatra para iniciar logo o tratamento adequado, pois os remédios para são mais eficazes quando utilizados nas primeiras 48 horas da doença.
O tratamento pode ser feito em casa, mas é importante evitar o contato com outros bebês e crianças para que não ocorra a transmissão da doença, sendo recomendado evitar a creche ou a escola por pelo menos 8 dias.

Fonte: www.tuasaude.com


terça-feira, 15 de maio de 2018

Oração do Angelus

Em nosso programa, dominical, ás 18 h, paramos para meditar e rezar com a nossa Mãe Aparecida e recitamos a Oração do Ângelus.
Deus e abençoe!






Angelus - Oração do meio dia


V. O Anjo do Senhor anunciou a Maria.
R. E Ela concebeu do Espírito Santo.
Ave Maria…

V. Eis a escrava do Senhor.
R. Faça-se em mim segundo a Vossa Palavra.
Ave Maria…

V. E o Verbo divino encarnou.
R. E habitou no meio de nós.
Ave Maria…

V. Rogai por nós Santa Mãe de Deus.
R. Para que sejamos dignos das promessas de Cristo.

Oremos:

Infundi, Senhor, como Vos pedimos, a Vossa graça nas nossas almas, para que nós, que pela Anunciação do Anjo conhecemos a Encarnação de Cristo, Vosso Filho, pela sua Paixão e Morte na Cruz, sejamos conduzidos à glória da ressurreição. Por Nosso Senhor Jesus Cristo Vosso Filho que é Deus convosco na unidade do Espírito Santo.

Amém!!






segunda-feira, 14 de maio de 2018

Pentecostes 2018


Olá amados irmãos!

Domingo 19 e 20 de maio de 2018, acontecerá o Encontro de Pentecostes Organizado pela RCC Curitiba. Na Paróquia São Braz.
Venha você também!!!




domingo, 13 de maio de 2018

Nossa Senhora de Fátima


De acordo com os testemunhos das três crianças videntes de Nossa Senhora, a primeira 

aparição daVirgem Maria terá ocorrido no dia 13 de maio de 1917 e o fenómeno repetiu-se 

durante seis meses seguidos, sempre no dia 13 (excetuando-se o mês de agosto, em que ocorreu

a dia 19), até 13 de outubro de 1917.Nossa Senhora de Fátima (ou formalmente Nossa Senhora

do Rosário de Fátima) é uma das invocações marianas atribuídas à Virgem Maria e que surgiu

com base nos relatos das aparições reportadas por três pastorinhos no lugar da Cova da Iria, na

freguesia de Fátima, em Portugal.

aparição mariana identificou-se como sendo "a Senhora do Rosário", tendo sido, por esse

motivo, feita eclesiasticamente a combinação dos seus dois títulos e o que deu origem a Nossa 

Senhora do Rosário de Fátima. Segundo os relatos, a mensagem que a Virgem Maria apresentou

em Fátima foi, na verdade, um insistente pedido de oração, nomeadamente a oração do Santo 

Rosário.

O seu principal local de devoção é o próprio Santuário de Fátima, situado na cidade homónima,  no concelho de Ourém, em Portugal.


Fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Nossa_Senhora_de_F%C3%A1tima



Feliz dia das Mães




Ser mãe é uma bênção de Deus, mas também é uma grande responsabilidade. Muitas mães esquecem isso, mas certamente você sempre teve essa noção.

Deus me formou dentro da sua barriga, e entregou a minha vida para que você pudesse cuidar dela da melhor maneira possível. Todos os dias, você tem feito isso mesmo. Querida mãe, você não é perfeita, mas mesmo com as suas falhas e defeitos, a tua instrução e o teu carinho fazem com que hoje eu seja uma pessoa melhor.

Agradeço ao Senhor pela sua vida, pela bênção que você representa para mim e pelo privilégio de ter crescido em um lar abençoado como o nosso, cheio de alegria, compreensão e amor.

Feliz dia das mães! Eu te amo!
Fonte: www.mundodasmensagens.com/mensagens-dia-maes/




sábado, 28 de abril de 2018

LUZART SOM E ILUMINAÇÃO


Precisando de som para seu evento?





A Luzart, com mais de 25 anos no mercado, 


é uma empresa fornecedora de serviços de


Sonorização, Iluminação e Projeção para


eventos em geral, com a missão de atingir

sempre a máxima satisfação de nossos parceiros.

Utilizando equipamentos de última geração

e profissionais qualificados que atenderão

prontamente de forma satisfatória as

necessidades dos nossos clientes com

custos extremamente competitivos.




sexta-feira, 27 de abril de 2018

Santa Zita, padroeira das empregadas do lar

Santa Zita consagrou-se inteiramente ao Senhor, sem deixar sua vida simples


Com muito carinho e devoção lembramos – neste dia – da

santidade de vida de Santa Zita, padroeira das empregadas do lar.

Nascida em Lucca (Itália), no ano de 1218, em uma família pobre e

camponesa, mas que soube comunicar a ela a riqueza da vida em Deus.

Como simples empregada, sem estudos e cultura, Zita consagrou-se

inteiramente ao Senhor, sem deixar sua vida simples. O segredo da espiritualidade desta santa era

muito concreto, pois consistia em se questionar se esta ou aquela atitude agradava ou não ao Senhor.

Desta forma, abriu-se para a santificação de Deus.

Santa Zita, com vinte anos, foi trabalhar numa família nobre e lá, não deixou de participar em todas

as manhãs da Santa Missa na comunidade. Ela ajudava aos pobres e visitava os doentes nos tempos

de folga, desta forma conquistou a admiração dos patrões. Conquistou também muitos corações para

o Senhor e, merecidamente, o Céu.



Santa Zita, rogai por nós!







fonte: santo.cancaonova .com

quarta-feira, 25 de abril de 2018

Santo do Dia




São Marcos Evangelista, fez um lindo trabalho missionário

São Marcos Evangelista, ficou conhecido por ter sido agraciado com o carisma da vivência comunitária

Celebramos com muita alegria a vida de 

santidade de um dos quatro Evangelistas: 

São Marcos. Era judeu de origem e de uma 

família tão cristã que sempre acolheu aos 

primeiros cristãos em sua casa: “Ele se 

orientou e dirigiu-se para a casa de Maria, 

mãe de João, chamado Marcos; estava lá 

uma numerosíssima assembleia a orar” (Atos 

12,12).

A tradição nos leva a crer que na casa de São Marcos teria acontecido a Santa Ceia 

celebrada por Jesus, assim como dia de Pentecostes, onde “inaugurou” a Igreja 

Católica. Encontramos na Bíblia que o santo de hoje acompanhou inicialmente São 

Barnabé e São Paulo em viagens apostólicas, e depois São Pedro em Roma.
São Marcos na Igreja primitiva fez um lindo trabalho missionário, que não teve fim diante da prisão e morte dos amigos São Pedro e São Paulo. Por isso, evangelizou no poder do Espírito Alexandria, Egito e Chipre, lugar onde fundou comunidades. Ficou conhecido principalmente por ter sido agraciado com o carisma da inspiração e vivência comunitária, que deram origem ao Evangelho querigmático de Jesus Cristo segundo Marcos.
São Marcos, rogai por nós!
Fonte: https://santo.cancaonova.com/

quarta-feira, 11 de abril de 2018

Noite do Flash Back Pinhais PR

Grande festa na cidade de Pinhais - Pr.

Sábado dia 12 de maio às 22:00 h.
Salão da Paróquia Nossa Senhora da Boa Esperança.
Avenida Camilo di Lellis, 970, Centro, Pinhais - Pr 

Com a Luna Banda Show. 

Um dos melhores espetáculos de Flash Back já visto. Isso se não for o melhor! Esta banda já é tradicional nas festas da Pinhais FM. Eles têm figurino de época, igual antigamente. 

E o DJ Jason Sales...

...estará no comando das pick-ups, do som mecânico da noite, agitando a pista e Ilustrando o telão com os vídeo clipes das bandas de época. Dire Straits, Queen,  Modern Talking, entre outras...
Para a galera, que já é cliente das festas da Pinhais FM, é o momento de reviver antigos sucessos, rever os amigos,  matar saudades, tomar aquela cervejinha e beliscar aquela porçãozinha.
Para quem não conhece e tem curiosidade de ver o tempo dos passinhos ensaiados. Em vez de ficar explorando a memória dos veteranos, é o momento de você trazê-los para curtir junto com eles esta época que não volta mais.
Este ano tem uma promoção especial!
Para os aniversariantes do mês de maio a entrada é na faixa.
Basta entrar em contato com a Pinhais FM pelo telefone: 3033-5363 e marcar a retirada do seu convite, munido de RG, comprovando a data de seu nascimento no mês de maio.
Pronto! É simples assim!


domingo, 8 de abril de 2018

A importância da leitura e o contato afetivo com os filhos

A leitura entre pais e filhos pode estreitar os laços afetivos

A interação entre pais e filhos se dá de diferentes formas e em diversos contextos. Numa época em que a tecnologia é predominante, até mesmo nas formas de educar, é importante destacar para os filhos o valor do estímulo à leitura junto dos pais.

Foto ilustrativa: Daniel Mafra

Desde muito pequenas, as crianças podem beneficiar-se do hábito da leitura, especialmente quando estimuladas por seus pais e por aqueles que cuidam diretamente dela.
Publicações mostram que cerca de 50% dos pais não tem o hábito de leitura com os filhos e os deixam fazer uso dos tablets e jogos eletrônicos.
A escola faz esse papel, mas é por meio daquilo que vemos dentro das nossa casa que podemos internalizar esse hábito.

Hábito da leitura

Se pudéssemos enumerar as vantagens desse hábito adquirido, poderíamos destacar alguns aspectos importantes:
• Desenvolver a criatividade na criança;
• Ampliar sua visão sobre o mundo: ao contar histórias, damos aos pequenos um universo diferenciado, novas culturas, hábitos diferentes, novas situações que acontecem;
• Dar abertura às emoções da criança, quando ela pode ficar surpresa, alegre, pensativa (…); enfim, poder interagir com os elementos da história. Ao contar uma história, os pais podem fazer “vozes diferentes” para caracterizar cada personagem. Isso aguça a percepção da criança;
• Favorecer a proximidade entre pais e filhos gera lembranças de afeto, visto que, aquele momento é de dedicação especial à criança;
• Quando ela recebe os estímulos de uma história, entra na fantasia daquele conto, amplia seus conceitos, insere-se num mundo lúdico. Essas brincadeiras ajudam-nas a elaborar, compreender, pensar a respeito daqueles personagens e de sua vida;
• Desenvolver e ampliar a fala: ao ouvir os pais falarem e mostrarem figuras, podem desenvolver a fala com mais facilidade;
• Juntamente com a história, seu filho poderá desenhar as figuras dessa história. Nessa situação, é aberto um outro canal de criatividade com ele, ampliando também sua criatividade.

A importância do contato afetivo

O hábito da leitura pode ser iniciado com coisas simples: nomeando objetos, pessoas e animais; mostrando rótulos; nomes de brinquedos, de cores e de roupas enquanto se é vestida.
Mais do que o ato de ensinar, o contato afetivo nesta troca é extremamente importante: ele revela um outro nível de relacionamento com o outro. Esse trecho diz bem quanto é importante inserir histórias em nossa vida: “uma vida se faz de histórias – a que vivemos, as que contamos e as que nos contam” (Corso, D.)
Que você possa ampliar as experiências do seu filho a partir da leitura e esteja mais unido a ele, criando ótimos hábitos futuros aos pequenos, inclusive, revendo seus hábitos de leitura.Clique nas imagens e baixe as histórias. Acesse o site abaixo.
https://formacao.cancaonova.com/familia/educacao-de-filhos/importancia-da-leitura-e-o-contato-afetivo-com-os-filhos/
Use e abuse da criatividade para contar as historinhas para a garotada.
A equipe do formacao.cancaonova.com preparou algumas historinhas para você baixar e ler para seus filhos, sobrinhos, alunos, etc.




Elaine Ribeiro dos Santos

Elaine Ribeiro, Psicóloga Clínica e Organizacional, colaboradora da Comunidade Canção Nova.
Blog: temasempsicologia.wordpress.com
Facebook: elaine.ribeiropsicologia Twitter: @elaineribeirosp

Fonte: Site: www.formacao.cancaonova.com